27 - fevereiro - 2018

Dois Raonis e uma floresta

Lendário chefe kayapó conversa com pesquisador da UFMG sobre a importância de proteger a Amazônia e sobre o que o conhecimento indígena e o conhecimento científico podem ensinar um ao outro

O cacique Raoni conversa com Raoni Rajão, da UFMG, durante a COP23 (Imagem: Maria Paula Fernandes/Uma Gota no Oceano)
O cacique Raoni conversa com Raoni Rajão, da UFMG, durante a COP23 (Imagem: Maria Paula Fernandes/Uma Gota no Oceano)

DO OC – Dois xarás se juntaram no fim do ano passado para falar sobre Amazônia. Em comum (além, claro, do nome) eles têm o fato de que dedicam suas vidas à floresta, mas de formas bem diferentes: Raoni Metuktire, o lendário chefe kayapó, roda o mundo há mais de três décadas alertando para o desmatamento e as violações dos direitos dos povos indígenas. Raoni Rajão, professor da Universidade Federal de Minas Gerais, avalia políticas públicas de combate ao desmatamento.

O encontro, promovido pelo OC, aconteceu numa cafeteria do World Conference Center, em Bonn, Alemanha, durante a COP23, a conferência do clima de Fiji. Ele resultou neste vídeo:

Comentários

O Clima da semana

Assine a nossa newsletter